O Recanto das Emas é a primeira unidade a fornecer as três refeições diárias. Conquista é fruto de um pedido do deputado Joaquim Roriz Neto ao governador

Ontem, o governo do Distrito Federal deu mais um importante passo na política de combate à fome e a desnutrição no Distrito Federal: a inauguração de uma nova fase dos Restaurantes Comunitários, com o fornecimento de jantar a R$ 0,50 e a abertura aos domingos, na unidade do Recanto das Emas. O pedido é uma antiga reivindicação da população, sugerida pelo deputado Joaquim Roriz Neto (PL), por meio de Indicação, assim que assumiu o mandato.

“Desde que a primeira unidade do Rorizão foi inaugurada pelo meu avô, em 2001, na cidade de Samambaia, o programa cresceu e tornou-se uma das principais ferramentas de combate à fome. Hoje é um dia histórico, não só para a população do Recanto das Emas, mas para todo o DF”, afirma o deputado.

O parlamentar agradeceu ao governador Ibaneis Rocha e a vice Celina Leão pelo empenho em dar continuidade ao programa. “Muito obrigado pelo empenho em combater a fome, governador Ibaneis. Tenho certeza que, em pouco tempo, todas as unidades do Rorizão fornecerão café da manhã, almoço e jantar para os usuários”, completa.

Atualmente, o DF conta com 14 Restaurantes Comunitários localizados em Brazlândia, Ceilândia, Estrutural, Gama, Itapoã, Paranoá, Planaltina, Recanto das Emas, Riacho Fundo, Samambaia, Santa Maria, São Sebastião, Sobradinho e Sol Nascente. Nas unidades do Recanto das Emas, Brazlândia, Paranoá, Sol Nascente, Planaltina, Samambaia, Ceilândia, Sobradinho, São Sebastião e Estrutural, também já é fornecido café da manhã. Estão em construção as unidades do Sol Nascente/Pôr do Sol e de Arniqueira.

As refeições custam R$ 0,50 o café da manhã; R$ 1,00 o almoço; e R$ 0,50 o jantar (apenas na unidade do Recanto das Emas).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *